Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Transporte, hasteamento das bandeiras e depoimentos foram temas da sessão.

Transporte, hasteamento das bandeiras e depoimentos foram temas da sessão.

por alt publicado 19/09/2018 16h00, última modificação 19/09/2018 16h00

Na manhã de hoje (19/09), foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara de Altaneira,  no início o Presidente da Câmara Antonio Leite cedeu espaço ao secretário Claudovino Soares para uso da Tribuna.

 O secretário de Governo usou para dizer que não disse que a Lei Orgânica não vale de nada, pediu provas que de fato teria dito, lamentou que alguns vereadores mencionaram na sessão sem ele poder se defender, citou o comentário do vereador  Devaldo Nogueira que na sessão passada disse achar estranho, pois  quando vereador era defensor da classe, Deza disse que continua defendendo, Deza lembrou que quando vereador lutou pelo transporte para os universitários, criticou o vereador Adailton Silva que também teria dito que ele tinha dito que a Lei Orgânica não vale de nada, o secretário ainda disse que ninguém tem a cara de pau de dizer que ele disse essa frase na reunião com os universitários, ainda disse que o governo vem buscando a concessão do transporte, inclusive afirmou que se o poder executivo quiser entrar na justiça contra o dispositivo, mas que o governo não tem esse interesse.

Lembrou ainda seu feito quando presidente da Câmara dentre outras ações.

No final também mencionou o vereador Flávio que disse na sessão passada que ele teria a frase, sobre o hasteamento das bandeiras, disse que o presidente não quis a Banda de Musica e o Poder Executivo no hasteamento da Câmara. O presidente Antonio Leite disse que sobre a Lei Orgânica os próprios universitários disseram que o secretário realmente falou essa frase, já sobre o hasteamento disse que em conversa com secretário afirmou ao secretário que iria fazer o hasteamento das bandeiras às 07:30 hs, se tivesse algumas mudança avisava ao executivo, " a casa depois fechou as portas, o prefeito apenas tentou criar polêmicas".

O parlamentar  Devaldo Nogeuira disse que não houve acusações, o que deveria ser dito pelo secretário era que o Projeto dos transportes teria vindo de forma retroativa para suprir o prejuízo dos estudantes.

O vereador Adailton Silva, disse que não acusou o secretário, apenas lamentava se realmente o secretário tivesse dito essa frase, mas disse que o erro do executivo foi não convidar os vereadores para participar,  quem está dizendo que o secretário disse que a Lei orgânica não vale nada são os universitários.

Vereador ainda disse que o dispositivo da Lei Orgânica sobre transporte aos universitários deve ser respeitada.

O vereador Flávio Correia disse que sobre o hasteamento das bandeiras é coisa ultrapassada, "quem quer nossa presença manda convite, o governo não tem humildade de dizer que errou, sobre os universitários  era pra ser problema resolvido, não tem transporte porque existe corrupção nesse governo, não existe as necessidades do povo, porque esse governo só faz ações desastrosas, anda dizendo que o vereador Flávio e Antonio Leite, queriam prejudicar o prefeito, mentira, todos os Projetos foram aprovados, esse governo tem um título "nas mãos do povo", mas está mais para dia primeiro de abril, é muita mentira nesse governo, passamos um ano e meio tentando dialogar, mas que esse governo só vai na justiça".

Ainda destacou os gastos misteriosos com ambulância do municio, que hoje se encontra acabada, relatou também que um motorista de um Micro Ônibus mostrou a porta amarrada com uma corda, Lembrou que uma testemunha na semana passada disse que os pneus em uma duas viagens estouravam, afirmou que isso deve ser investigado, Flávio relatou que tem secretária que anda dizendo na rede social, que os vereadores ocupavam três carros por dia, "ora se esse prefeito foi quem se promoveu em cima da máquina pública, encerro dizendo que alguns da casa legislativa parece que estão contaminados com a má gestão".

A vereadora Zuleide Ferreira no começo disse que não estava no governo, que não foi comprada pelo governo, apenas não gosta de injustiça, "concordo que essa casa existe ditadura , sempre foi assim, lembrou que pediu o carro da Câmara para eu ir ao Cartório Eleitoral, nenhum dos vereadores merecem esse tratamento, sobre o hasteamento disse que não foi avisado aos vereadores com antecedência, lamentou que a casa estivesse fechada.

"Sobre dizer que não é do governo, ficar se escondendo, não tem caráter de assumir que é do governo, sobre o carro a senhora queria o carro pra resolver coisa do seu partido, também neguei diárias para ir encontro de seu partido em Maceió, por isso sou ditador." rebateu Antonio Leite

A vereadora Silvânia Andrade disse  que o governo gasta com os agricultores, com carros servindo a todos, afirmou que fica triste quando dizem que não foi gasto com as necessidades do povo.

"Sobre alguns vereadores usar carros, foram pedidos para o povo, desafio alguém dizer que eu tenha pedido pra mim” Afirmou Antonio Leite 

"Sobre os agricultores, realmente foi feita licitação para aradação de terras, mas de forma errada andava com carro e galão de óleo abastecendo os tratores, alguém se deu bem em cima dos agricultores." Comentou o vereador Flávio Correia

A vereadora Alice Gonçalves  lembrou que só mostra o lado podre do governo, não mostram o que governo fez de bom, ainda perguntou onde foi o dinheiro das obras paradas, sobre falta remédio na saúde é coisa antiga e antes também faltava, lembrou que na gestão passada tentaram investigar o ex- prefeito e foi travada de todas as formas, sobre defender Dariomar disse de cara limpa, sem medo de nada, elogiou Deza pela postura sobre as obras paradas.

O presidente  Antonio Leite disse que o dinheiro está nas contas, o prefeito não está dando prioridade.

O vereador Valmir Brasil disse está triste com afirmação da vereadora Silvânia que ela mesma pedia carro e não era atendida, lamentou também a perseguição do governo, criticou o muro do cemitério que ainda não foi feito.

O líder de oposição Adailton Silva deu os parabéns ao jovem Junior Pociano pelo trabalho a frente do esporte do município, inclusive com campeonato muito organizado, que merece reconhecimento de todos, sobre a possível manifestação dos universitários, disse que foi procurado por alguns, que se fosse acontecer iria participar mesmo não acreditando que tenha uma solução.

“Estou na política, estou no meu terceiro mandato, ao longo do tempo agradei muito porque falei o que eles queriam houvi, minha família sofreu, tive prejuízo, quando fui atrás das pessoas não tive o mesmo apoio que dei aos colegas, não irei fazer o que os outros querem, irei escutar minha família, não estou deixando a liderança e nem dizendo que não serei candidato, estou muito feliz como vereador, gosto de política, mas o atual momento me entristece se não houver uma mudança na política na Câmara, em Altaneira e no brasil irei cuidar da minha família." Desabafou

O presidente Antonio Leite também reforçou as palavras do colega, "tenho que cumprir o resto do mandato, não sou obrigado ser candidato, por isso não somos obrigados aceitar o que vem acontecendo nesse governo, muito me cobravam para pressionar o prefeito, quando tomei atitude, correram para o lado do prefeito, irei continuar ajudando os amigos, isso farei também fora da política".

O vereador Devaldo Nogueira lembrou que quando entrou na política foi adversário do vereador Adailton Silva, agora na mesma bancada comprovou que o colega é uma boa Pessoa, ainda disse que a casa não deve continuar com as discussões, alertou ainda que o povo não gosta desse tipo de discursos.

Antonio Leite disse que não é contra o posicionamento dos colegas, mas que deve manter a ordem.

 O vereador Cier Bastos, disse entender as palavras do colega Adeilton Silva disse que mesmo com pouco mais de um ano tem o mesmo sentimento, enfatizou que é muita decepção, sobre a colega  Silvânia dizer que usaram os carros lembrou que os carros foram usados pelo povo, o que é normal, sobre a denúncia  disse que aceitaram porque tem obrigação de investigar, já sobre obras paradas também afirmou o desejo de ver todas concluídas, e afirmou que vai seguir o resto do mandato trabalhando em prol do povo.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1151
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo

Acesso à Informação