Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores discutem gastos realizados pela administração e falta de transporte aos universitários

Vereadores discutem gastos realizados pela administração e falta de transporte aos universitários

por alt publicado 05/09/2018 15h47, última modificação 05/09/2018 15h47

Na manhã de hoje (05/09), foi realizada mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Altaneira. O ex-presidente da Câmara de Altaneira, Raimundo Rodrigues da Mota, apresentou pedido de espaço para usar a Tribuna em virtude de citação em seu nome na sessão passada.

"Na sessão passada o vereador Flavio Correia fez uma afirmação, que seu grupo político fez um compromisso para que eu fosse presidente eu teria quebrado o compromisso,  quero dizer que não quebrei nenhum compromisso, sobre minha filha ter recebido do município de Altaneira sem trabalhar, acho que essas colocações é uma falta de respeito, hoje continuo no grupo de oposição com os colegas". Comentou Raimundinho

 Flávio Correia disse que o compromisso foi quebrado, pediu a vereadora Alice Gonçalves para quando fizer referência sobre determinado assunto que seja falado  qual seja feito pelo nome, não de forma generalizada, "mas uma vez digo que o compromisso feito com ex - presidente Raimundinho não foi cumprido."

Ainda lembrou que depois de tudo votou no mesmo para ser Presidente da casa e depois prefeito de Altaneira, que na época foi defensor de seu governo.

Raimundinho disse que não houve quebra de compromisso, mas agradeceu pelo apoio dos colegas que na época formava o grupo.

"Alguns se "queimam" não sou obrigada citar nomes, apenas falo quando me sinto atingido". Afirmou a vereadora Alice Gonçalves

Antonio Leite registrou ausência do vereador Adeilton Silva por compromisso na Escola Santa Tereza.

Flávio Correia usou a Tribuna para dizer que está vacinado com as provocações, que vai continuar lutando pelo menos favorecidos.

Flávio ainda relatou que foi procurado por alguns universitários que lutam pelo transporte. “Escuto falar boatos contra minha pessoa e do amigo Antonio Leite,  não tenho culpa de nada, a culpa está no prédio de cima, escutei o jovem Ricardo falar na rádio que o prefeito rompeu com nosso grupo por não cumprir compromissos, digo ainda que o compromisso que não foi cumprido não foi com a gente e sim com o povo, não tínhamos nenhum compromisso pessoal com prefeito e sim dele cuidar bem do povo".

Ainda relatou que alguns dizem que o relator não analisa documentos, mas disse existe  gastos na administração de forma desordenada, dizem que a documentação está tudo certo e quem fala isso é mentira, o parlamentar disse que só com manutenção com os veículos e máquinas pesadas chega ao valor de pouco mais de 800 mil reais em 2017,  ainda enfatizou que juntando com a locação de veículo e combustível passa dos 2 milhões de reais.

"Ainda passo aos colegas que existe uma ambulância no Distrito do São Romão que foi gasto quase 19 mil reais," o vereador ainda relatou valores e datas de gasto todos realizados na empresa pneus canteiros, ainda enfatizou que ambulância está acabada.

"Temos sim obrigação de investigar, essa conversa que a Câmara não tem nada ver com isso é conversa fiada" Finalizou Flavio Correia

Presidente Antonio Leite afirmou que ambulância não vale nem 6 mil reais, que poderia ter sido vendido e comprado outro novo, isso é falta de planejamento.

A vereadora Silvânia Andrade disse que o Poder Executivo mandou para casa um Projeto para contratação dos veículos para os universitários, "sobre os gastos feitos pelo prefeito dizem que foi gasto, mas não dizem onde está o dinheiro".

"Existe outras empresas denunciadas, querem falar só em pneus, porque não falam em gasto com máquinas e outros gastos absurdos." Falou Antonio Leite

Flávio voltou a dizer que o Prefeito manda projeto para reduzir o próprio salário para fazer média, mas continua contratando pessoas inclusive de fora, ainda criticou um governo de perseguir o vereador Valmir colocando pra trabalhar no cemitério.

Vereador Valmir Brasil disse que a ambulância citada pelo relator Flávio está acabada, ainda denunciou que estava marcada uma cirurgia para uma mulher do São Romão, mas foi dito a ela que só iria fazer depois de falar com o prefeito, sobre perseguição que vem sofrendo afirmou que tem coragem de trabalhar.

Vereadora Zuleide Ferreira disse que tudo tem seu tempo certo, que os universitários terão seus direitos adquiridos, anunciou que na Câmara acabou de chegar  Projeto de contração de pessoas e dos transportes dos universitários, que em breve votar, ainda disse que sobre a denúncia as notas fiscais não estão no Portal da Transparência,  lembrou que existiu aumento do valor na despesa dos pneus, inclusive com uma nota da empresa Aspec assumindo o erro, ainda afirmou que não vai olhar os gastos que não estão na denúncia inicial, à vereadora lembrou que é do pelo PSDB e deve satisfação a sua família e amigos que ajudou a lhe eleger, "não estou preocupada com lideranças políticas".

Antonio Leite, disse que sobre o Projeto de contratação de pessoal e sobre transporte dos universitários disse que o governo mandou pouco antes da sessão, "vejo aqui a vereadora Zuleide Ferreira fazendo a liderança do governo municipal, não vamos atropelar nossos trabalhos por falta de planejamento do executivo".

O parlamentar Cier Bastos lembrou que desde o mês de junho que essa situação dos universitários vem arrastando, lamentou que agora que esse projeto vem aparecer na casa, ainda enfatizou que por falta de transporte os alunos da Escola Profissionalizante estão perdendo a primeira aula , sobre a denúncia disse que houve um aumento na denúncia sobre o gasto com pneus, mas não se justifica gastar 18 pneus em um ônibus.

O parlamentar ainda lamentou da atitude do governo perseguir o colega vereador Valmir Brasil

Flávio Correia reforçou sobre a denúncia dos pneus “realmente não foi gasto 718 em pneus, mas em apenas um ônibus foi colocado 18 pneus sendo que no período de menos de dois meses foi colocado nesse transporte dez pneus, mas agora em março desse ano mais seis pneus, "e faltando pneus nos ônibus, faltando transporte para os universitários, inclusive os pneus são coberto."

Antonio Leite lamentou uma vereadora abrir a boca pra dizer que não existe nota fiscal no Portal da Transparência, "claro que existe todo empenho no Portal, inclusive as notas fiscais"

O vereador Devaldo Nogueira, disse que sobre o Projeto vem do executivo faltando com respeito com a Câmara Municipal, ainda lembrou que o projeto dos universitários seja aprovada de forma retroativa, ainda lamentou que a frota de transportes do município esteja sucateada.

Presidente Antonio Leite disse que o projeto foi apresentado de forma errada no plenário.

Em seguida foi votado requerimento nº 29/2018 do Presidente da Câmara Antonio Leite, requerendo do poder executivo informações sobre gastos com pessoal da administração municipal.

O vereador requerente disse "o prefeito mandou projeto para reduzir o próprio salário e hoje observo 16 portarias de contratação de pessoal, inclusive contratação de uma Coordenadora da saúde Bucal, essa filha do Advogado que defende o prefeito Municipal no processo de cassação, o prefeito diz que precisa economizar cem mil reais, com certeza não irão conseguir."

Ainda afirmou que existem pessoas de Altaneira competentes de poderiam assumir essa vaga. O requerimento foi aprovado por unanimidade

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1151
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo

Acesso à Informação