Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores relatam sobre precariedade das estruturas físicas de Escolas Municipais e aprovam realização de audiência pública para tratar sobre a Reforma da Previdência

Vereadores relatam sobre precariedade das estruturas físicas de Escolas Municipais e aprovam realização de audiência pública para tratar sobre a Reforma da Previdência

por alt publicado 22/05/2019 19h39, última modificação 22/05/2019 19h39

Na sessão de hoje, 22/05, foi apresentado os ofícios nº 045/2019, do Gabinete do Prefeito, informando que o Governo recebeu o pedido de exoneração da Secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Alice Gonçalves de Oliveira e o oficio nº 027/2019, da Secretaria de Cultura, em resposta ao ofício nº 68/2019 da Câmara Municipal de Altaneira, que encaminha copias da relação dos atuais participantes do Grupo Artístico Arraia do Ribuliço.

Tema livre

Abrindo o tema livre o vereador Antonio Leite iniciou falando sobre visita feita a escola 18 de Dezembro na sexta feira passada juntamente com os vereadores Cier Bastos, Flavio Correia e Valmir Brasil, falou que as reclamações feita pelos pais de alunos são mais que justas, pois a escola não tem condições de funcionar como escola normal em dois períodos e muito menos em tempo integral, o mesmo fala que os banheiros tinham um mal cheiro tão horrível que parecia banheiro de delegacia, não tem condições, afirma ele, uma escola que hoje tem quase 400 alunos com dois banheiros um masculino e um feminino apenas com dois boxes, mais o dos deficientes físicos totalizando três boxes, para atender todas as necessidades de quase 400 alunos, banheiros que as bacias não têm assento sanitário, se o aluno precisar de usar tem que sentar de qualquer maneira podendo contrair alguma doenças, pode contrair vários problemas, então a escola 18 de dezembro hoje se encontra em uma situação de calamidade estrutural, não tem banheiros, professor dando aula com o quadro negro apoiado sobre cadeiras no oitavo ano A, não tem uma porta que tenha uma fechadura, pois estão todas quebradas, o mesmo fala que em cada sala que chegou não foi procurar diretor ou professor, mas sim os alunos e perguntou qual a maior reclamação de vocês, qual que gosta mais ou menos aqui da escola de tempo integral, segundo o vereador não tem banheiros, ventiladores, salas quentes, janelas quebradas e um estado de calamidade, afirma o vereador e acrescente que se hoje tivesse que funcionar dentro das normas legais, dentro do conforto que necessita uma escola nem pra tempo normal em dois turnos aquela escola não estaria em condições de funcionar, isso só comprova que quando um pai de família liga, passa uma mensagem da situação que seu filho se encontra na escola mostra que e preciso ir mais vezes lá, fala ainda que a dificuldade de manter os alunos na escola e muito grande, fala da situação de alunos mal educados citando que viu. professor mais mal educado que aluno, onde uma professora fez uma queixa infundada sobre seu filho o qual o mesmo apurou depois e chegou à conclusão que não era verdade, cita também a forma que foi abordado sobre um assunto que julga particular em meio à turma de alunos, segundo ele e constrangedor e pode gerar ate o booling, fala que foi ate a direção e falou que quando se tratar desse tipo de assunto que chame o pai ou a mãe em particular pra tratar desse assunto e não dentro de uma sala de aula e na presença dos vereadores que lá estavam chegando à maneira que a professora se colocou, segundo ele colocando o aluno pra servir de chacota para os outros, isso e inadmissível isso e ser mais mal educado do que o próprio aluno, e que espera providencias por parte de escola, fala que viu nas redes sociais postagem sobre as merendas da escola, e que não foram lá pra ver sobre isso, mas sim a infraestrutura da escola, diz ainda que a escola não tem condições de funcionar nem em turno normal quanto mais aglomerar quase 400 alunos dentro de uma situação daquela referindo se a situação precária da estrutura, finaliza dizendo que não tem condições de um aluno produzir pouquíssima coisa dentro daquela estrutura.

Sobre a escola Joaquim Rufino fala que não houve o planejamento para a instalação dos aparelhos de ar condicionado que ate hoje nunca funcionaram, pois a estrutura elétrica da escola não suporta e que as salas não foram preparadas para a instalação, já que não forma vedadas adequadamente para este fim.

Sobre o caminhão baú que foi adquirido pra transporte de alimentos da agricultura familiar e hoje sumiu, e que os produtos pra alimentação escolar estão sendo transportados em ônibus, e cita ainda que o baú já transportou ate combustível que o cheiro esta no interior do baú do veiculo o qual era exclusivamente higienizado pra transporte de alimentos e cita ainda que o baú foi utilizado para outros fins como mudanças e ate pra transporte de material de quadrilha junina finalizou essa parte pedindo pra que se coloque as coisas no seu devido lugar.

Sobre os temporários o vereador cita que já ouviu de muitos cidadãos que o Prefeito anda de casa em casa que vai ter que demitir mais de cento e tantas pessoas e que a culpa de dos Vereadores Antonio Leite e Flavio Correia, e pergunta: Será se foi Antonio Leite e Flavio que fez contratação no executivo e fala que a bancada de oposição não indicou nem um emprego nessa gestão se houve não foi por parte da oposição e afirmou que pra evitar isso era só o gestor ter prorrogado o concurso anterior, pois tem muitas pessoas que com desvio de função principalmente no cargo de motorista que deixaram de assumir o concurso por não ter sido prorrogado e o prefeito poderia estar livre dessa cobrança ou dessa punição por desvio de função e por nepotismo citando alguns nomes de Altaneirenses e cita que o gestor não tem planejamento e que quer fazer as coisas de sua maneira.

A Vereadora Zuleide Oliveira começa dizendo que tem requerimentos na casa cobrando a mais de três anos a questão dos banheiros da escola 18 de dezembro, que concorda plenamente que os banheiros da escola dede ser refeitos, e tranquiliza a comunidade dizendo que o governo municipal esta planejando para executar uma reforma naquela instituição de ensino, e sabe que as infraestruturas de nossas escolas não são 100%.

Gostaria de dizer que Altaneira foi contemplada com a quinta mostra itinerante de cinema e cultura, que acontecera nos dia 07 e 08 de junho, é uma experiência de cinema para uma parcela da população que não tem acesso às salas de cinema, parabeniza e deseja boas vindas ao secretario Luiz Pedro a frente da secretaria de cultura do município.

Parabeniza a secretaria de educação através também do sindicato pelo enquadramento, por quer também homologou a efetuação de 25 professores do ultimo concurso, concluiu os trabalhos das quatro fases do enquadramento do magistério, uma valorização que agrega mais de 3% na folha de pagamentos, tivemos a oportunidade de fazer essas ampliações de servidores e professores por conta também da escola em tempo integral.

Aproveitou para convidar os servidores do município para fazer junto ao Sinsema seu recadastramento, quero falar também do programa PSE (programa de saúde na escola) que atende 1524 alunos nas escolas municipais, e 238 na escola estadual, com serviços de dentista e varias ações.

Disse também que o CEO esta funcionando de acordo com o agendamento que foram feitos, parabenizar a equipe do CEO que esta começando com toda garra.

Valmir Brasil disse ter a honra de participar da visita à escola 18 de dezembro, realmente a situação é critica, principalmente na parte dos banheiros e iluminação. Como a vereadora Zuleide disse há três anos tem um requerimento nessa casa, acredita que já tinha dado tempo de ter sido feito uma reforma nesses banheiros, e que muitas vezes quando vamos fazer visitas alguns funcionários pensa que estão La para cobrar dos mesmos, mais estão lá para fiscalizar e da um esclarecimento a população, os pais cobram, alguns alunos também, isso é muito ruim para o município.

Vereador Valmir Concedeu uma parte ao Vereador Antonio Leite:

Que retornou a falar sobre a escola 18 de dezembro, dizendo que lá não precisa de uma reforma não, precisa é de uma reconstrução, reforma é quando tem pequenos problemas, lá tem grandes problemas. Eu não poderia deixar de parabenizar o vereador Flavio, vereador semianalfabeto, sem diploma na vida que hoje tem o orgulho de ter uma filha com diploma de cobiçado por muitos que é ode médica. Outro registro que não podemos esquecer a situação da nossa colega vereadora Alice, que ela tenha forças, estamos na torcida, o grupo de oposição esta a disposição de apoiar e aprovar qualquer lei que venha a ajudar a salvar Dona Alice. Não se pode pregar o ódio, esse gestor, anda pregando o ódio e a discórdia entre as pessoas, por um ato irresponsável de não respeitar as leis, que foi às contratações ilegais nesse município, e hoje chega nas casas jogando a culpa nos vereadores Flavio e Antonio Leite, passamos um ano e meio alertando, e hoje vem às denuncias dos cidadãos de bem de Altaneira.

Valmir continua seu tempo parabenizando o vereador Flavio pela conquista, diz a vereadora Alice que esta torcendo por ela, que jamais medira esforços para ajudar no que for possível, ficou triste na sessão assada quando a vereador Genival disse que tinha vereador nessa casa desejando mal, mais esta vendo o contrario hoje, que não acredita que tenha vereador que tivesse coragem de falar essa besteira.

Ao usar o tema livre o Vereador Flavio Correia fala que estar vivendo um momento muito importante em sua vida e que ira dedicar seu tempo a sua família e que não pode deixar de falar em favor da família Altaneirense por que também fazem parte de sua família.

Sobre a escola 18 de dezembro fala do requerimento que a Vereadora Zuleide Ferreira apresentou há três anos atrás sobre a reforma da escola, citando que já teria dado tempo o governo se planejar e ter executado essa reforma mesmo antes de se implantar a escola de tempo integral dizendo que o apoio da casa foi total e que acredita que todos votaram a favor do requerimento.

Sobre a visita a escola o Vereador afirma ter duas preocupações, uma pessoal por ter um filho estudando lá e outra com o filho dos outros Altaneirenses que estudam lá e que também precisam ser bem cuidados, disse ter sido informado que já teriam sido trocadas duas lâmpadas da sala e afirma que a visita já começou a surtir efeito, falou ainda sobre o quadro colocado em duas cadeiras, onde quem esta mais atrás na sala não consegue ter uma boa visão do que esta sendo escrito e chama a atenção das autoridades citando o conselho tutelar e que acredita que o mesmo deveria tomar alguma posição referente a isso e chama a atenção do Sindicato dos Servidores Municipais, dizendo não ser só os alunos que passam por dificuldades os profissionais da educação que ali trabalham também e afirma que defendem todos e pergunta o que o SINSEMA esta fazendo sobre essas transferências irregulares que são realmente politiqueiras e afirma que esta havendo transferências por questões pessoais, por questão de paixão entre outros e que não foi justificado ainda porque esses funcionários estão sendo penalizados e que existe uma lei que concede auxilio transporte para aqueles que trabalham a mais de três quilômetros de distancia da sua residência ao seu local de trabalho.

Sobre a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo afirmou não ter preocupação de quem e secretario e deseja as boas vindas ao atual secretario da pasta e que os problemas continuam, afirma que continuara vigilante com todos e que não pode aceitar que a cultura seja direcionada a apenas um certo grupo que precisa de resposta e afirma que estará apresentando um requerimento solicitando como ficara a situação da banda de música o que esta acontecendo dentro do governo referente à banda e sobre o pagamento que estava atrasado e qual o apoio será dado aos ciclistas e a outras modalidades de atletismo, ainda sobre a escola 18 de dezembro o vereador afirma que quem estiver duvidas da situação da escola poderá ir ate lá na parte da tarde e verificar e que o problema de escola e da educação do município não e apenas a merenda escolar e afirma que não adianta os depósitos estarem cheios se as crianças comem bolacha com suco, e que e preciso a sociedade continuar fazendo denuncias.

Sobre a saúde chamou a atenção sobre a vacina da gripe para os idosos que não podem se deslocar ate o posto por dificuldades, e também cita um caso acontecido de uma pessoa que precisou tomar uma vacina por ter sido mordida por um cachorro no fim de semana e essa não tinha no hospital, apenas no PSF e estava fechado.

Encerrou dizendo que estar vivendo um momento feliz e em paz e que quando faz essa luta pela educação de qualidade e que gostaria que muitos pais de Altaneira tivessem a felicidade que esta tendo hoje, e mais uma vez chama a atenção da sociedade, conselho tutelar, sindicatos, pais, precisamos libertar as crianças dessa política perversa e miserável que esta sendo implantada na educação de Altaneira.

Afirmou que provavelmente não estará presente na próxima sessão por ocasião da formatura da sua filha e que terá que se deslocar ate Sergipe, ao mesmo tempo que agradece a todos daquela cidade pela acolhida a sua filha a agora Dra Ana Flavia que concluiu o curso de Medicina naquela cidade e pede ao povo de Altaneira que acreditem, pois Altaneira tem valores e agradece de um modo geral a todas as pessoas que contribuíram para o sucesso da família Flavio nesse momento e ate aqueles o perseguiram e que lhe deram mais coragem pra ele fosse à luta, pois sem luta não tem vitoria e conclui com uma frase de um amigo seu que diz: A maldade e um tipo de correspondência que acaba voltando para o remetente.

O Vereador Cier Bastos Iniciou desejando uma boa sorte, que estamos todos rezando pela recuperação da nossa amiga Alice, logo vai se recuperar e estará junto com agente aqui nas sessões, também parabenizo a sua filha Flavio, a Dra. Flavia, a você e sua esposa e toda sua família por conseguir forma uma filha em medicina. Gostaria de falar um pouco sobre a visita a escola 18 de dezembro, onde podemos comprovar que a estrutura é muito precária, uma das coisas que mais me tocou, como pode uma aluna consegui se sentar em um vaso daqueles, uma reforma precisa de verbas, agora a tampa de um vaso não necessita de tanto dinheiro, precisa ser tomada as providencias logo, imediatamente. Falar também dessa explosão que esta em Altaneira com essa denuncia, se cogita que varias pessoas vai ser demitidas de suas funções, que hoje põe se a culpa nos vereadores, isso não trás nada de útil para nós, não fizemos essa denuncia, se o gestor fizer essas demissões, ele deve saber que estava errado, foi ele que contratou, coisa errada tem que ser concertada, mais enfim, nos defendemos é emprego, saúde, educação para nosso povo e não demissões, muitas pessoas esta chegando ate a mim, pessoas coacusadas por quer o gestor disse que vai voltar todos as suas funções, eu busquei se isso era irregular, e as respostas e que dentro do concurso não tem problema se for de acordo com a pessoa, se isso vim acontecer os vereadores não tem nada haver com isso, se tem algum culpado que culpem o gestor, estamos aqui é para lutar e defender os direitos das pessoas e não tirar os direitos.

Vereador Cier Concedeu uma parte ao Vereador Flavio:

Que aproveitou para registrar que minha filha mais nova também esta concluindo o seu curso de enfermagem, que apesar do seu problema de saúde ela alcançou a vitoria e esta livre para arrumar emprego, e convidou toda a sociedade de Altaneira para uma missa de agradecimento as duas filhas dele, que será realizado no dia 08 de junho às 16hs na igreja de santa Tereza.

Ordem do dia

Na Ordem do dia foram aprovados dois requerimentos

Requerimento nº 49/2019, do Vereador Flavio Correia, requer pedido de informações ao Ministério Publico e a PROCAP. O requerimento recebeu 4 votos favoráveis (Flávio correia, Antônio Leite, Cier Bastos e Valmir Brasil) e a 3 contrários (Zuleide Ferreira, Devaldo Nogueira e Silvania Caldas).

E o requerimento nº 50/2019, do Vereador Prof. Adeilton Silva, requer realização de Audiência Pública para debater a Reforma da Previdência, aprovado por unanimidade.

O vereador Professor Adeilton e a Vereadora Alice Gonçalves não participaram da Sessão. O Vereador Professor Adeilton se recupera de uma cirurgia vascular e a Vereadora Alice estar internada para realização de procedimento cirúrgico.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1151
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo

Acesso à Informação